terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

[TEXTO] Paredes

IAcho incrível como as coisas mudam. Hoje retorno às minhas lembranças, as memórias estão tão próximas. Meu medo e eu, lado a lado. E uma parede conhecida - real ou imaginária - me separando da realidade.
Acho incrível como as coisas mudam. Como o passado parece tão presente. E me questiono o quanto isso me afeta.
Acho incrível como as coisas mudam. Como as pessoas mudam. E como mudam a gente.
Meu pensamento voa alto, o céu ofusca meus olhos e então os fecho. Nem tudo que é belo permanece, um olhar diferente, o brilho do céu me cegou.
Acho incrível como você pode estar tão longe e tão perto. Tão presente em mim, mesmo não sendo meu. As lembranças permanecem vivas e eu me perco em toda esquina. O que mais me resta para perder?
Acho incrível como as coisas mudam. Como você mente tão naturalmente, como vivemos vidas distintas e juntas ao mesmo tempo como se fossemos um só.
As memórias estão com você agora? Elas batem a sua porta? Chutam a verdade na sua cara? Você está do outro lado da parede, será que pode me sentir?
Acho incrível como as coisas mudam. Incrível como aquele 'eu te amo' não dito ainda me persegue. Já não há mais tempo. Quando iremos quebrar essas paredes? Eu estou desmoronando, só me resta levantar e reconstruir.

(Jenifer Alana dos Santos)

*Credite se usar, a escritora agradece*

Nenhum comentário:

Postar um comentário