terça-feira, 25 de novembro de 2014

[POEMA] Partis-te-me?

Lembram de um certo poema que eu tava lutando pra achar inspiração pra escrever? O concurso de poemas foi hoje, fiquei em segundo lugar na categoria de ex-alunos *-* Perdi o primeiro lugar pra outra escritora maravilhosa que o obteve merecidamente, em breve tentarei postar algo dela aqui. Bom, curtam o poema, mergulhem profundamente na depressão.

---------------------------------------------

Partis-te-me?

Anseei transmutar o meu partir
Em permissão para partir-me
Assim deixaria uma parte ir
E a outra part-iria contigo

Falhei. E o peito dói. 
Este espaço que nos dispersa
É como água que o ferro corrói
Destrói a aspiração que ainda habita em mim

Por que não puxas-te-me para perto?
Reparta-me e aparta de ti este espaço
Una as peças que em lágrimas pelo caminho deixei
Acolhendo-me com teu saudoso abraço

Cultivo a antiga ferida aberta
Desde quando o coração partiu
E sementes de sonhos que não brotaram 
Fantasiadas em um pensamento doentio.

(Jenifer Alana dos Santos)

Credite e blablabla...

2 comentários: